04 junho 2012

BOLSO VAZIO PROVOCA ESPRAGUEJAMENTO A GOVERNO DE MINAS GERAIS



De bom alvitre que haja clareza do grau de aceitação de aconselhamento por parte da atual administração estadual ao Senador Aécio Neves. Vejam o Edital 01/2012 do CEPREC. Acompanhem a posição do Estado de MG quanto a acerto de precatórios e a instigação proposital ao desespero, a indução do devedor para que haja por parte dos credores aceitação de um condicionamento abusivo e degradante. Alguém aí que tenha a receber R$10,00 que fossem, se sujeitaria a receber do devedor (sendo o devedor O ESTADO) menos de 50% do valor da dívida? E inda que aceitando tal acinte, se sujeite a receber, talvez, quem sabe, "de Agosto de 2012 a Janeiro 2013? Sendo que os protocolos devem ser feitos de 12 a 30 do mês corrente? Pq a espera do mês de AGOSTO para iniciação do acerto? Avolumar e propagar um pagamento que, se feito a conta-gotas não dará talvez o resultado esperado ao período de eleição que se aproxima? O polimento das figuras públicas é em muito cobrado, de certo, mas a INTERVENÇÃO DO SENADOR AÉCIO NEVES, patrono do acerto dos pagamentos de precatórios em Minas Gerais, junto a administração do Estado já não pode ser opcional! Irregularidade, ilegalidade? Ora, o governo é ocupado por afamados juristas! Inda que haja, "e eu nada vi, nada sei ou ouço, não podendo provar e se não há evidências não há infração", não é verdade? Enfim, inda que houvesse, os rastros seriam tênues...

A OAB/MG, via o Presidente Luiz Cláudio Chaves, que bacana, junto a Comissão de Negociação de Precatórios estão elegantemente fazendo sua parte, oportunamente dando eu minha boca à rolha, eis que sim, imaginei o Exmº Presidente da OAB/MG inerte, conquanto em ação plena estava, e está! Vivo disso, Exmo. Sr. Dr. Luiz Claudio Chaves, Presidente da OAB/MG, pelo vosso empenho, sinceramente, eis-me agradecida, agradecimento extensivo a todos os envolvidos! Franca e honestamente parabenizando pela atuação de todos, acompanhada via Matéria HOJE EM DIA-20/02/2012!

Entre o direito e a Justiça, adoro apregoar o que penso e penso sim, há distinção absurda, e nesse xadrez jogado as peças podem comprometer muitos destinos, até os que não estão em evidência. Que os assessores de boa índole, quer seja do governo, do senador Aécio Neves, da Procuradoria do Estado, ou até a assessoria do bispo ou do Papa Bento XVI, gente, atuem, aconselhem, intercedam! Deixar para pagar tuuuudo no último semestre só pra dar ibope na mídia, malogrando para tanto a vida de advogados, partes, fama do judiciário, nossa!

É o escândalo dos maus tratos aos professores, a saúde tá mais debilitada que a estrutura física dos cidadãos, segurança pública...Tentaram abafar até a imprensa pra não soltar o índice elevado de criminalidade, o sistema viário da capital já ultrapassa o intransitável, no interior, comarcas como Esmeraldas e trocentas outras estão a mercê de bandoleiros, sem que o Estado confira assistência mínima, enquanto processos contrários aos administradores se aglomeram para os pizzaiollos!

Aproveitem a quaresma e façam um exorcismo na cidade administrativa!

Agora mais essa? Para SOBREVIVER, PAGAR CONTAS DO MÊS, ALÔ, SOMOS PAIS DE FAMÍLIA! Para sobreviver, temos de decotar NO MÍNIMO 55% (50% O RAIO QUE OS PARTA, POIS NÃO ACEITAM) no mínimo 55% do crédito, entrar com protocolo nesse mês, literalmente gritando "pelamordeDeeeeeeeus!" e esperar pelo "QUEM SABE EU TE DOU UMA BEIRADA por parte dos procuradores adversus? Não deixem não, vai ser uma descida baixa demais, e até quem nada entende de publicidade, lógica, economia ou política, sabe que boa coisa moralmente, financeiramente, politicamente, publicamente, logicamente, ora, daí não vai sair. O atual governo tá carente de rédeas, inda que seja do próprio Criador! Prefiro acreditar que o verdadeiro teste é direcionado aos responsáveis pela proliferação da falsa crendice da incolumidade dos devassos. Prestem eles suas contas!" 
Flávia Neves

Nenhum comentário:

Postar um comentário