30 dezembro 2012

Agora SIM!




No dia que houver um PCO (Partido do Caráter Obrigatório) eu possa até me manifestar, por enquanto são homens usando mal insígnias partidárias sejam lá quais forem, usurpando através do serviço público, o que os torna a pior classe de vigaristas, pois furtam de indigentes, de pais de família, de órfãos e toda sorte de contribuinte; Uns FdP de tal naipe merecem ser apontados tanto quanto qualquer criminoso ou com mais DEDOS até, e não mantidos sobre o manto tanto da impunidade quanto do silêncio de suas ações às massas...Pelo DESRESPEITO da manipulação à Imprensa brasileira, dói a pergunta, mas me questiono: Nada ensina a vida, pós ascensão, a homens marcados, sobre humildade e o valor de um brado? Nada aprendeu sobre a possibilidade de se sentir mudo diante as dores quer seja do corpo ou da alma? Quantos gritos foram ensurdecidos pelo descaso, pela permissibilidade e condescendência em hospitais e escolas públicas para que o erário público afiançasse tal esparrela. Até quando dirigentes? Até quando? - Flávia Neves.

2 comentários:

  1. Eu te respondo :
    Até o dia que nós deixarmos de ser um bando de carneirinhos de presepio.
    Na época em que estourou o "mensalão" eu cursava marketing e o assunto esquentou na classe. Eu sugeri que no intervalo das aulas a classe fosse pra rua para parar o transito por 10 minutos, uma vez que a faculdade estava a 2km de uma grande rede de tv.
    E ao contrario dos discursos inflamados, a ação me deixou boquiaberto : NINGUÉM ACEITOU IR PROTESTAR, DAR A CARA A TAPA!
    Eu voto consciente, tenho o numero de todos os que eu votei, seus sites e endereços de escritorio. Cobro providencias.
    Como disse Martin Luther King : não me incomodo com o grito dos maus, me preocupa o silencio dos inocentes!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Leandro pleo seu comentário!

    ResponderExcluir