26 fevereiro 2013



Não há razão para provarmos Àquele que nos fomentou, e que conhecendo o início bem sabe os desígnios para sua criação; melhor que testemos nós mesmos o nível de nossas imperfeições, e tenhamos consciência dos motivos que nos leva a sermos aprimorados quantas vezes a ferro e fogo! Motivos que advém, é fato, de ninguém mais, ninguém menos, que do próprio homem. -Flávia Neves

Nenhum comentário:

Postar um comentário