23 outubro 2013


KARDEC SOBRE A POSSIBILIDADE DE REVELAÇÃO DE NOSSAS VIDAS PASSADAS:
CapXXVI, 290, pergunta 15: quando para a edificação e instrução, a revelação é espontânea e imprevista, e jamais para a satisfação mera de curiosidade.
......................................................
"Afirmo que, o universo é matemático, e somos a somatória de nossos atos. Observe sua vida, dê atenção a seus rumos, às pequenas empreendas cotidianas que se lhe dispõe o curso do destino e será capaz de ter ao menos uma vaga ideia da personalidade de outrora. Atente-se às provas, aos questionamentos íntimos que o levam a pressentir a instrução e os instrutores que o acompanham. Perceba as tentações que se lhe induzem escapatórias e subterfúgios ao recolhimento inexplicável. Verifique como procede ante a situações familiares, políticas, amorosas, religiosas...Temos sim como nos encontrar, mas nem sempre é conveniente. A amnésia oportuna tem lá suas razões. Silencia sua curiosidade e permita à Orbe superior obrar em seu favor e de toda humanidade." - Flávia Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário