23 outubro 2013

"Que sejamos capazes de quebrar as maldições, de extirparmos os espraguejamentos, de eliminarmos o mal que nos corrompe, geração após geração, e que a alvorada de cada dia, que o início de cada semana, mês, ano, século ou milênio, desperte a força necessária para a manutenção de nosso caráter, a mansidão indispensável ao espírito, a eloqüência intelectual e o equilíbrio emocional tão almejado pelos homens para que possamos subsistir."

Nenhum comentário:

Postar um comentário